fbpx

Serviços

Descupinização – Controle Integrado de Cupins

Cupins são considerados uma das pragas mais destrutivas do mundo!

Os cupins são pequenos insetos que destroem materiais em busca de alimentos. Comuns em áreas urbanas, essa praga se divide em 3 principiais tipos:

  • Cupins subterrâneos: Vivem no solo ou local que contenha madeira e fonte de umidade.
  • Cupins de madeira seca: Vivem diretamente no interior da madeira.
  • Cupins arborícolas: Vivem sobre as árvores.

A alimentação dos cupins é constituída basicamente de elementos que contém celulose, como madeiras em árvores, madeiras de portas, decks, pisos, rodapés, batentes, estruturas de telhados e MDF usados em móveis. Na forma de papel em livros e papelões, ou ainda em materiais diversos como plástico, couro, carpetes, betume em juntas de dilatação e produtos com cálcio (gesso acartonado, argamassa, entre outros)

Saiba mais sobre os cupins

 

CUPINS SUBTERRÂNEOS

Danificam madeiras e derivados de celulose como papéis, livros e papelões. Atacam paredes de alvenaria, pisos, tomadas e interruptores. Usam como túneis conduítes de telefonia e elétrica. Danificam o betume em juntas de dilatação. Produtos com cálcio (argamassa, gesso e acartonado) também sofrem ataques de cupins.

Como identificar o foco de cupins subterrâneos:

Presença de túneis de terra, existentes nas paredes das edificações, vãos estruturais da construção, casas de máquina, poço de elevador, casas de máquinas de piscinas, em lajes ou paredes duplas.

CUPINS DE MADEIRA SECA

Atacam madeiras existentes em móveis, portas, forros, quadros, rodapés, compensados, materiais como MDF usados em móveis, madeiras estruturais das construções e telhados tais como ripas, terças, caibros, tesouras. Também habitam materiais diversos como plástico, couro, carpete e gessos acartonados.

Como identificar o foco de cupins de madeira seca:

Peças de madeira com uma fina casca externa que se quebra quando pressionada, presença de um pó granulado na cor do material infestado, asas de aleluias ou siriris no local de infestação e pequenos furos nas peças atacadas. 

 

CUPINS ARBORÍCOLAS

Atacam madeiras em geral , são comuns em áreas urbanas devido às árvores existentes em praças e áreas de paisagismo. Podem danificar madeiras estruturais de construções e telhados tais como ripas, terças, caibros e tesouras, que estejam próximos da árvore que contém o ninho. E também se alimentam da árvore que serve de suporte à colônia. 

Como identificar o foco de cupins arborícolas:

Presença de ninhos nas copas das árvores, com coloração escura e grande tamanho.

Você Sabia?

  • A responsabilidade dos danos causados por cupins em edifícios pode ser atribuída ao condomínio;
  • Perante a lei, o ataque de cupins em imóveis pode caracterizar vício de construção e quem construiu o imóvel será culpabilizado pelos danos;
  • Ao adquirir um imóvel novo ou usado, caso seja omitido o fato da presença de infestação de cupins, a transação pode ser cancelada ou o vendedor terá de indenizar o comprador nos custos da eliminação do problema.

Curiosidades

  • Cupins podem viver até 20 anos colocando de 5.000 a 10.000 ovos por dia;
  • Cupins podem provocar incêndios e desabamento da estrutura de telhados.
  • Um túnel de cupim pode ser feito a uma velocidade de 2,5 cm por hora;
  • Cupins causam prejuízo de 10 bilhões de dólares por ano em todo o mundo.

Principais dúvidas sobre descupinização e cupins

Os cupins provocam enormes estragos e grandes dúvidas. Listamos abaixo as principais perguntas que são feitas em nossa Central de Atendimento ao longo desses 27 anos de TECPRAG.

Os cupins podem atacar todos os tipos de madeiras, os insetos destroem e ingerem os materiais como fonte de alimento. Todos os objetos feitos com quaisquer tipo de madeira devem ser protegidos contra essa praga, que pode também atacar árvores e outras fontes vivas de celulose.

Não. É recomendado o afastamento de pets e pessoas por um período de 24 horas, após esse período o ambiente pode ser frequentado como de costume. A substância cupinicida é aplicada de forma estratégica, portanto não ocorrem contatos acidentais.

Sim. Após a descupinização a limpeza do ambiente deve ser realizada somente com um pano e água por uma semana, para não alterar as propriedades químicas do agente descupinizador. Após esse período, toda as práticas de limpeza são permitidas.

Pode-se fazer a descupinização para sanar o problema da infestação de cupins em ambientes e também de forma preventiva para locais ainda não infestados.